Limites de Audibilidade

Os nossos limites de audibilidade são determinados em termos de intensidade sonora. A gama entre esses limites é bastante grande: para um tom puro com frequência de 1000Hz, vai do Limiar de Audibilidade (mínima intensidade audível) correspondente a 10-12 W/m2 até o Limite de Dor (nível máximo de intensidade audível sem danos fisiológicos ou dor) correspondente a 1 W/m2. Ou seja, uma razão de 1 para 1 trilhão.

Nosso ouvido responde de modo complexo a pequenas variações de pressão do meio, podendo detectar variações por volta de 2x10-5 N/m2. Isso corresponde aproximadamente a 1 bilionésimo da pressão atmosférica (101.325 Pa, ou aproximadamente 105 N/m2).

O Limite de Dor é aproximadamente 1 trilhão de vezes maior (1012), mas ainda assim corresponde a menos de 1 milésimo da pressão atmosférica. Para uma frequência de 1000 Hz os níveis mínimo e máximo de intensidades sonoras que percebemos são definidos por:

 

capturar

Desse modo, a gama de intensidades que ouvimos é de 120 dB para um tom de referência de 1000 Hz.

Próximo