O Violino

O Violino é um instrumento construído inteiramente de madeira, formando um conjunto de aproximadamente 70 partes montadas. Possui dois tampos arqueados nos sentidos longitudinal e transversal, apoiados em uma estrutura de madeira que os suporta. Essa estrutura consiste em blocos de reforços posicionados nas extremidades dos tampos e que são ligados por faixas conformadas seguindo a sua geometria externa. Em uma das extremidades é anexado o braço do instrumento, onde sobre ele é colada uma prancha de madeira denominada espelho, onde o executante apoiará os dedos. Na extremidade deste braço, esta o cravelhal, uma caixa com furos onde são inseridas as cravelhas. Nelas são fixadas uma das extremidades das cordas. O executante pressiona as cordas ao espelho com o objetivo de diminuir o comprimento da corda e assim transmitir uma frequência sonora diferente.

O tampo superior contem dois orifícios em formatos semelhantes a letra F, por onde o som amplificado vaza ao ambiente. Sobre este tampo, está apoiado o cavalete, uma peça fina de madeira com uma geometria complexa e que suporta as cordas estendidas. A vibração das cordas é transmitida através do cavalete ao tampo superior.

Na extremidade oposta ao braço é posicionado o estandarte que é montado na caixa do violino, através de um furo localizado no encontro das duas pranchas laterais com o reforço principal da estrutura. Neste furo está inserido, com uma leve interferência, um pino denominado botão. O estandarte é montado passando um fio de plástico, denominado rabicho, em volta deste pino e fixo em um furo localizado na extremidade inferior do estandarte.

As cordas são montadas fixando uma das extremidades nas cravelhas e outra no estandarte devendo ainda estar apoiadas sobre o cavalete. Este contém rasgos espaçados igualmente que guiam as cordas.

2

Detalhe do posicionamento da alma,  no interior do violino, fonte: IPIALL

Ainda entre o tampo superior e o inferior, é encaixado internamente um cilindro de madeira denominada alma, que é posicionada próximo ao pé direito do cavalete e tem a função de transmitir a vibração do tampo superior ao inferior. A alma é montada no interior da caixa do violino passando através dos orifícios em forma de F.

1

 Detalhe da Barra Harmônica

No tampo superior é colada uma prancha de madeira na parte interna, seguindo orientação e posição da corda de maior espessura, posicionada do lado esquerdo. Essa prancha é denominada barra harmônica. Em ambos os tampos, são entalhado nas bordas sulcos, onde são encaixadas pequenas tiras compostas por agrupamento de madeiras de qualidade diferentes, denominados filetes. Eles têm a função de prevenir que pequenas rachaduras e quebras nas bordas se alastrem até o meio do tampo. 12Filetes

Um acessório adicional, que é montado aos violinos com bastante frequência é a queixeira. É uma peça de madeira montada sobre o tampo superior, somente para servir de apoio ao queixo.

 

 

Para excitar as cordas, contamos com um acessório importante denominado arco. Consiste em uma vara de madeira arqueada, onde é fixada comumente crina de cavalos em suas extremidades. Materiais sintéticos podem ser usados no lugar da crina, porem a grande maioria das vezes o material de preferência é a crina. (MCLENNAN, 2004)

Próximo